A Rede do campo realizou no dia 11 de dezembro sua última Assembleia Geral Extraordinária – AGE do ano de 2018.
Com um propósito de definir o caminho a ser percorrido em 2019, através da revisão do Planejamento Estratégico, o encontro aconteceu no Centro Universitário do Sul de Minas – UNIS, em Varginha.

 

“A assembleia foi de grande importância, pois se teve uma participação efetiva e automaticamente uma cobrança de comprometimento com a Rede. Esse tipo de encontro é muito interessante, pois gera uma participação dos associados e uma geração de ideias para serem implementadas que só nos ajudam a crescer”, declara André Luís Chalfoun de Souza, associado e que será presidente da Rede a partir de 2019.

 

A assembleia levou os associados a refletir sobre o papel das comissões e o seu papel enquanto associado da Rede. Otimismo, comprometimento e inovação foram às palavras que nortearam este encontro.

 

As comissões tiveram a oportunidade de refletir sobre o que foi feito que deu certo e errado em 2018; onde podem melhorar e o que esperam para o ano de 2019. Assim definiram os macro-objetivos a serem alcançados em 2019. José Roberto Marques, diretor atual da Rede e o André Luís Chalfoun, presidente a partir de janeiro, validaram as ações propostas e lançaram desafios para cada uma das comissões.

 

“Todos os associados perceberam que tivemos um crescimento e sabem que este é o caminho. As assembleias são sempre de grande valia e vamos implementar outros encontros como esse em 2019”, finaliza o futuro presidente.

 

A Rede do Campo tem como meta fazer com que as empresas associadas se tornem mais competitivas no mercado, gerando lucratividade e vantagens para seus associados, além do reconhecimento proporcionado às marcas envolvidas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *